ESTOU SOZINHO, E AGORA?











“E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só...” Gênesis 2:18

Mas esse não é o fim! Isso é o começo - pois para começar uma relação, basta estar sozinho.
E se você está solteiro, sozinho, 'encalhado', esperando alguém... você potencialmente é o próximo a namorar - afinal: para começar um namoro, é preciso antes, que você esteja só.

O nosso século 21 tem imposto sobre a mente do cristão, valores e conceitos que dificultam o acesso aos corações ou nos 'blindam' para as relações afetivas com aqueles que estão ao nosso lado.

Conceitos como a "ditadura da beleza" (parafraseando o Dr. Augusto Cury - Ditadura da Beleza, Editora Sextante), o consumismo, materialismo e a massificação da mídia etc, tem formatado nossas mentes e nos levado a ficar só.

Se você esta só, a probabilidade de que você esteja sozinho por escolha própria é de 70%.

O quê? Você esta sozinho por que escolheu ficar solteiro? Será?

Pense consigo mesmo. Quantas pessoas já tentaram, ou você mesmo, já tentou iniciar uma relação.   Pense.

Faça uma lista de dez pessoas (incluindo as que você "acha" feia, inadequadas, sem futuro, desajeitadas etc) que já tentaram entrar em um relacionamento com você. Faça isso agora... pegue papel e caneta, ou abra um bloco de notas ai no celular, vamos lá! Faça já.

Agora conte quantas dessas dez pessoas, você dispensou ou ignorou por que eram "isso ou aquilo" - feias, inadequadas, sem futuro, desajeitadas etc.

Pessoas são seres humanos. Elas não são objetos para serem consumidas ou compradas por um rótulo (feinha, magricela, gordinha, baixinha etc.) Você vai ver que você dispensou na média 70% delas porquê julgou inadequada.

Jesus disse: "Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também" Mateus 7:1 e 2.

E assim um ciclo sociológico se estabelece, onde um julga o outro como "inadequado" para namorar ou casar...

Ai fica todo mundo sozinho, e se perguntam: Estou só, e agora?

Permita-me dar uma sugestão, pegue sua lista (complete com outros nomes) e faça um levantamento de quem está disponível. Ore e peça a Deus para te iluminar, tire a "trave do seu olho" para enxergar melhor as pessoas.

Uma dica - dê prioridade para aquelas pessoas que afirmavam amar você. E ignore os supostos defeitos. Faça uma avaliação espiritual; se a pessoa é espiritual, os defeitos poderão ser trabalhados com comunhão e oração.

E partir daí se aproxime da pessoa e sem preconceitos, permita-se ser amada(o).

Segue uma lista de 10 fatores e objeções comuns que as pessoas fazem para não entrar em um relacionamento, e que são argumentos falhos:

1. Ele(a) não tem posição social - ser da classe baixa, média ou alta não deveria determinar uma relação - todas pessoas são capazes de amar.

2. Ele(a) não tem dinheiro - planejamento deve existir, mas não seja neurótico(a). Todas as pessoas são capazes de trabalhar e vencer na vida.

3. O que vão pensar de mim? - essa é uma objeção colossal. Não se importe com o que irão falar ou pensar do seu relacionamento - a vida é sua.

4. Aparência - não avalie as pessoas pela aparência, você poderá cometer erros imperdoáveis, que talvez nem mesmo você se perdoe no futuro.

5. Personalidade - assim como devemos ser cuidadosos para não entrar em uma relação com pessoas incompátiveis, não devemos ser apressados em descartar aquelas que aparentemente são 'sem graça'.

6. Mídia - os padrões de filmes, novelas e revistas são ilusórios. Não espere um príncipe ou que sua relação seja uma comédia romântica...

7. Atração sexual - a química sexual é importante mas não é tudo.

8. Fé - o único ponto inegociável em uma relação é este. Se um pretendente é um genuíno cristão, a probabilidade de sucesso no seu relacionamento é alta.

9. Padrões - é bom ouvir o conselho dos pais, mas há padrões que podem atrasar sua vida emocional. Por exemplo: só namorar com alguem que esteja fazendo faculdade; só namorar alguem que tenha carro e casa própria etc.

10. Deus - não pense que Deus fechou as portas para você. Deus é o maior interessado em sua felicidade. Deus é que 'doura' nossos sonhos. Nós é que frustramos os planos de Deus.

Uma das coisas que mais prendem homens e mulheres, moços e moças no mundo é o sexo ou o relacionamento que estão cultivando.

Não somos ´ilhas´ e viver sozinho não é bom, e isso tem levado os jovens e solteiros a uma grande busca do companheiro perfeito.

O namoro ou o relacionamento é essencial para jovens e solteiros, pois nos permite conhecer a pessoa. Esse tipo de relacionamento antes de se casar é tão importante que pode determinar a felicidade e o sucesso no casamento. É aqui que conhecemos a pessoa, seu caráter, sua personalidade e temperamento. Esse conhecimento determina a felicidade futura.

Mas os relacionamentos atuais são formados com base em um conceito do mundo (atração sexual) e é esquecido de avaliar outras coisas que são importantes – quais os sonhos, realizações, perspectivas, espiritualidade, personalidade e amor à família etc.

Quem não avaliar esses fatores na pessoa que está desenvolvendo um relacionamento, está arriscando a felicidade futura.

Hoje os casamentos estão fracassando porque outras prioridades foram colocadas – o prazer, a beleza e o dinheiro. Conheço inúmeras pessoas, que se importaram somente com a aparência e beleza da pessoa e se esqueceram de avaliar a personalidade, e o resultado foi desentendimento, brigas e separação.

Há os que só pensam em dinheiro, e se ligam a aqueles de boa condição financeira; se não for rico... nem olha. Mas quando no casamento a personalidade e o temperamento se manifestam, a vida se torna um incômodo ou muitas vezes um pesadelo. Algumas pessoas fogem destas situações através da infidelidade, trazendo mais problemas e pecado a sua vida.

Mas há os que por fatalidade estão juntos; isso acontece entre os cristãos; aventuram-se no sexo, a garota fica grávida e aí a consciência (corretamente) os leva ao casamento... o casal (há exceções) acaba tendo crises espirituais e no relacionamento.

Outras se ligaram pela química da atração e discutem o tempo todo por incompatibilidade de planos, personalidade, idade etc; um quer estudar outro quer ficar em casa e fazer uns bicos de vez em quando; um possui uma personalidade forte o outro é sensível, e suas vidas são uma eterna oposição.

O que tem nos levado a esse tipo de situação precipitada, trata-se do fator sexual tão presente em nosso século. Quando deixados a se levar apenas pela sexualidade não percebem certas coisas no companheiro. A excitação que o sexo oferece acaba os dominando; mas você pode estar argumentando, que não estamos o tempo todo pensando em sexo!

Mas a Sexualidade em nossos dias não envolve apenas os momentos de intimidade; é um estilo de vida, que se veste para o sexo, se pensa em sexo, se diverte com o sexo, se explora o sexo na mídia, enfim estamos em um século sexualizado!

4 comentários:

Marcus Bittencourt disse...

Paz! Muito boa postagem e ótimo blog. Esta com certeza é uma página de ajuda para nós cristãos.

Anônimo disse...

Ola pastor.
Muito bom o post.
Acho que me identifiquei com tudo que foi dito.
Estou muito confuso e não sei como agir. Tenho orado muito a Deus sobre isso mas ate agora nao encontrei respostas para meus questionamentos.
Sou H, tenho 32 anos, solteiro e quero poder resolver a vida sentimental.
Gostaria muito de poder casar com uma pessoa que tivesse o mesmo dom que o meu, de cantar.
Mas existe uma pessoa muito interessada em mim, ja conversamos, ela até ja se declarou mas nao pude aceitar pq nao senti algo especial no coração. Não sei se esse pre-requisito pode estar atrapalhando mas sei que ela ainda esta interessada em mim e esta dificil pra mim tomar uma atitude. As vezes penso exatamente o que vc colocou como o que as pessoas vao pensar do meu relacionamento, beleza dela, enfim... por favor, ore por mim pastor.
Abraço!

Anônimo disse...

olha pastor estou me comunicando com um rapaz de 25 anos e eu tenho 24 mas o que nos atrapalha é a distancia, conheço ele desde criança mas agora pelas redes sociais nos falamos mas de uns dias pra ca ela ta mto frio ele disse que é devido a distancia mas fioc triste pq namorei alguem mtos anos que nao é da msm fé que a minha e nao gostaria de repetir isso de novo, pois esse que conversso sempre é da msm fé que a minha e ja cansei de ficar só sabe pois ficaria mto feliz se dermos certo mas parece que o inimigo de Deus nao quer ver agente junto ore por mim pq nao sei o que pode acontecer cgm pois anseio mto obedecer a Deus so isso

Anônimo disse...

No livro O Lar Adventista, a escritora Ellen White recomenda que as 2 pessoas do relacionamento sejam da mesma fé, cristãs.

Sou cristão há algum tempo. Me interessei por uma moça de outra igreja que passou a freqüentar meu Pequeno Grupo de Estudo da Bíblia. Nesse caso, o que é o mais certo pra se fazer?