A QUÍMICA DO RELACIONAMENTO

Você já deve ter ouvido que entre homem e mulher acontece uma atração química, e se essa reação não ocorre, não são feitos um para o outro.

 

Essa química ocorre pelo mecanismo dos sentidos, que enviando estímulos visuais, de sons, toque, paladar ou olfativos, estimulam as áreas do cérebro responsáveis por essas ações através de pulsos elétricos; essa eletricidade percorre os neurônios no cérebro ativando outras estruturas, como o hipotálamo que é responsável por muitas ações de comportamento sexual.

 

No hipotálamo substâncias, chamadas de fatores de liberação e inibição irão estimular outras estruturas, como a hipófise, uma das principais glândulas responsáveis pelo comportamento humano; nesta glândula hormônios e pré-homônios são liberados para reger os sentimentos.

 

Esse é o caminho daquilo que assimilamos através dos sentidos, seja para o sexo oposto ou para milhares de atividades durante o dia.

 

No caso da atração sexual, a química de homem e mulher, ainda passa por estruturas de seus órgãos sexuais, testículos e ovários, para produzirem o estradiol na mulher e a testosterona no homem.

Esses dois hormônios têm flutuação em sua produção devido a fatores psicológicos, comportamentais e ambientais.

A testosterona é o hormônio do desejo sexual no homem e o estradiol atua na libido da mulher.

Se tirarmos essas duas substâncias da fisiologia dos sexos, os adultos perpetuariam um comportamento ambissexual, como as crianças, que apesar de caracterizadas anatomicamente e psicologicamente como macho e fêmea, não possuem comportamento sexual amadurecido.

Assim percebemos como nossos sentimentos, paixões, desejos e o apetite sexual são resultado de substâncias, como os hormônios e outros fatores, que determinam o ritmo da vida.

O sistema compensatório ou de recompensa no cérebro, determina o nível de prazer dessas relações sentimentais. A dopamina, uma substância produzida na glândula adrenal, é responsável pela sensação de prazer que o cérebro, ou nós mesmos, experimentamos e que causa o torpor do prazer.

Excesso ou concentrações variadas de nor-epinefrina e falta de serotonina, determinam a fórmula da paixão, aquela sensação desesperadora em desejar ver a pessoa, estar ao seu lado, toca-la e beija-la!

Ao visualizarmos esta pessoa, já são enviados ao sistema compensatório, estímulos que desencadeiam o mecanismo de recompensa; e outras substâncias entram em cena, como a adrenalina; depois de tocarmos a pessoa, abraça-la e estarmos próximos, a oxcitocina, serotonina; e endorfinas conferem aquela sensação maravilhosa de carinho, paixão e felicidade.

Cada sentimento tem sua fórmula com essas e outras dezenas de substâncias, em concentrações e variantes múltiplas. A oxcitocina é a principal substância responsável pelo prazer feminino; a testosterona a principal para o desejo sexual masculino.

E assim todos os nossos sentimentos são nada mais nada menos que formulações de substâncias químicas, produzidas em nosso organismo.

As coisas relativas ao sexo oferecem um coquetel maravilhoso para o cérebro, e quando estamos apaixonados, amando ou em atividade sexual, estamos dopados por nosso parceiro.

O amor eros também tem sua fórmula e é despejada na corrente sanguínea alcançando o sistema compensatório no cérebro, isto depois de muitas exposições visuais da pessoa amada, e principalmente experiências profundas envolvendo o toque, paladar e olfato – a relação sexual. Ela é uma das maiores experiências compensatórias que o cérebro pode usufruir (de forma natural).

Poderíamos classificar o sexo como o elemento que irá unir as duas pessoas em um só sentimento – o amor Eros; “o homem... apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne” Gênesis 2:24.

Por outro lado, as experiências sexuais furtivas causam sério dano a psique de homem e mulher, e viciam o sistema compensatório através de um comportamento muito conhecido – a infidelidade!

Cabe a nós aqui uma séria reflexão daquilo que vemos, ouvimos e expomos nossos sentidos, nas coisas relativas ao sexo. Quantas exposições são feitas à nossa mente, e quão impressivas são essas experiências; por isso temos tantas recomendações bíblicas quanto às questões sexuais e sentimentais.


26 comentários:

Prótese Simples disse...

É bom saber que existe pessoas como voçe, que se preocupa com esses assuntos meio que "vergonhoso" de falar,Sucesso na sua empreitada pr.,Sejas tú iluminado por Deus...abraços.

ciceroprotetico@gmail.com

Anônimo disse...

Antes eu achava que não tinha nada a ver isso de virgindade.

Porém, lendo a Bíblia aprendi algumas coisas e Deus também me falou outras.

E qual o resultado?

Tanto o homem e a mulher devem ser "castos". O homem deve segurar as pontas e aguardar o casamento, pois a mulher também deve se guardar.

Beleza... já fez e já não há mais virgindade... e agora?

Se descobriu tarde demais que não poderia ter tocado na virgindade da mulher, então arque com as consequências e se case o mais rápido possível dentro das possibilidades, não adianta simplesmente casar e não ter onde viver. Mas, agora que sabe que o que fez foi errado, evite a todo custo cometer o pecado (e não adianta aquela frase "agora já foi mesmo..."). Pare com o pecado e busque um planejamento familiar:
* Emprego, poupança para a compra da casa e pagamento dos móveis.
* Assim que os cálculos de salário forem maiores que o valor estipulado para compras mensais e outros gastos necessários (incluindo aluguel ou financiamento do imóvel) então trate de se casar o mais rápido possivel.


Obs.: pode parecer que eu sou um velho e tudo o mais, mas eu só tenho 23 anos e já recebi de Deus um pouquinho de discernimento para que possa estudar e aprender o que é certo e o que é errado.

manusud disse...

Tio, Parabéns pelas publicações !!!!

Pretende formalizar em um livro um dia (sejá não o tem)?

visite o meu blog: http://manusud.blogspot.com/

Welber disse...

Muito bom!

Marcus Bittencourt disse...

Infelizmente estamos numa sociedade de valores perdidos e infelizmente a igreja tem sido influenciada por ela.

Dani Moreira disse...

Olá, paz seja convosco. Quero dizer que fico muito feliz pela iniciativa de você criar um blog, com assintos tão "tabus", ainda hoje, em pleno século 21. em algum comentário, alguém falou sobre vivermos em uma sociedade onde os valores têm se perdido e a igreja tem seguido pelo mesmo viés. Só que temas como sexualidade e afins devem sim, ser tratados à luz da Bíblia... parabéns pelo blog e que Deus continue abençaoando, fortalecendo e te capacitando nesse trabalho.
Abraços. Ah! já estou te seguindo...

GERALDO CARDOSO disse...

Esse blog tem um conteúdo indispensável tanto para o cristão com para o não cristão.Portanto queria saber se o autor me permitiria postar algumas dessas postagens em meu blog.Claro que ja me tornei um seguidor e estarei a partir de hoje estudando essas postagem que pra mim sã perolas de grande valor.Que Deus continue te abençoando e te usando.

GERALDO CARDOSO disse...

QUERO APROVEITAR E TE CONVIDAR A VISITAR MEU BLOG.
diaconogeraldocardoso.blogspot.com

Amanda Lemos disse...

Tudo muito interessante por aqui,
Gostei muito mesmo.
E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já.

Ricardo Rodrigues disse...

GOSTARIA QUE O PASTOR FALASSE SOBRE A REPRESENTAÇÃO DO ATO SEXUAL NO MUNDO ESPIRITUAL.
OBRIGADO.
DEUS ABENÇOE ESSE TRABALHO

Anônimo disse...

Olá pr. gostaria de saber mais sobre divórcio ou segundo casamento. Sou Adventista e ainda não entendi completamente essa questão, ja presenciei aqui na minha igreja dois casamentos de pessoas que ja tinham se casado antes com outra. Poderia fazer algum comentário ou postar sobre isso? Afinal Infidelidade e por consequência divórcio quebra a união do casamento e pode se casar de novo?Se eu fosse casada e meu marido me traisse e nos separássemos por isso, eu cometeria adultério se me casasse novamente? Qual a orientação bíblica?

Ivair Augusto disse...

O casamento é uma instituição indissolúvel; Jesus admitiu que foi por causa da 'dureza do coração' das pessoas que foi concedido o divórcio.

Essa concessão ocorre em uma situação, o adultério. Se um dos cônjuges adulterar, o outro esta livre para se divorciar e assumir o 'novo casamento'; somente nesta condição é admitido o segundo casamento.

Mas se mesmo com a traição (adultério) o crente resolver, perdoar e investir em seu relacionamento, essa é a opção mais correta. O divórcio é evidência de dureza de coração ou não disposição em perdoar e dar uma nova chance.

O 'novo casamento' pode ocorrer somente com a parte ofendida, ou quem foi traído(a); o ofensor, ou quem traiu não é admitido se casar novamente, com a aprovação da igreja. O ofensor poderá até se casar no cívil (a lei civil permite) mas a lei bíblica indica que ele está em adultério.

Nenhuma igreja adventista realiza cerimônias religiosas de 'novo casamento', ou admite membros que se casaram pela segunda vez, na condição de 'ofensores' (que cometeram adultério).

O que pode haver é a tolerância deste indivíduo em assistir os cultos, mas não em alistá-lo no rol de membros.

O 'novo casamento' só é admitido para a parte 'ofendida' e 'inocente' e mesmo assim somente o casamento cívil.

Anônimo disse...

Pr, eu entrei a pouco pra igreja, não sabia que o novo casamento (somente pra parte ofendida) era só casamento civil , que não tinha cerimônia religiosa. Obrigada pelo esclarecimento, eu não sabia como tinha sido aqui na nossa igreja, somente soube que tinham se casado de novo. Minha dúvida foi esclarecida. Parabéns pelo blog.
Abraço

JR disse...

Quer dizer qu a Igreja se arvora no papel de Deus e diz quem pode fazer parte ou não do rol de membros? Ora, se a pessoa casou pela segunda vez ou pela milésima vez, isso é problema dela com Deus. Melhorar separar e casar de novo do que viver infeliz e frustado para sempre.

Lúcy Jorge disse...

A Paz de Cristo Jesus,

Conhecer seu blog foi uma benção, seus artigos edificantes e esclarecedores.
Espero retornar em breve para apreciar a formosura de suas mensagens...
Amo aprender e compartilhar o que tenho aprendido, nesta linda caminhada cristã.

A propósito, já seguindo o seu blog, caso ainda não esteja seguindo o meu, deixo aqui o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Visite também o blog do irmão J.C./ Discípulo de Cristo.
Mensagens abençoadoras:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Unknown disse...

Deus é misericordioso, mas a igreja nao ? Como julgar e decidir quem pode e quem nao pode fazer parte da igreja ?
Daqui a pouco as igrejas farao entrevista e prova fe seleçao. Realmente é o fim dos tempos. O julgamEnto saiu das maos de Deus e foi para mãos de homens.

Unknown disse...

Deus é misericordioso, mas a igreja nao ? Como julgar e decidir quem pode e quem nao pode fazer parte da igreja ?
Daqui a pouco as igrejas farao entrevista e prova fe seleçao. Realmente é o fim dos tempos. O julgamEnto saiu das maos de Deus e foi para mãos de homens.

Willian Bugiga disse...

gostaria de indicar meu blog:willian bugiga e o site:www.convertidos.com.br
a paz

Anônimo disse...

Eu gostaria de sabe quem teve relaçao antes do casamento e vai se casa com a pessoa q fez a relaçao deve fc no banco depois do casamento ou tem q cunpri antes do casamento? Quem pode me resp eu agradeço... Fc na paz...

Anônimo disse...

Eu gostaria de sabe quem teve relaçao antes do casamento e vai se casa com a pessoa q fez a relaçao deve fc no banco depois do casamento ou tem q cunpri antes do casamento? Quem pode me resp eu agradeço... Fc na paz...

Arnaldo Ribeiro disse...

O SÉTIMO DIA
(DN.4.2) Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo,; (EF.2.7) para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça em bondade para conosco em Cristo Jesus; (1CO.15.45) pois assim está escrito:
(GN.2.3) – E ABENÇOOU DEUS O DIA SÉTIMO, E O SANTIFICOU; PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A OBRA QUE, COMO CRIADOR, FIZERA: (AR.85.6)
E o que o Senhor quer dizer com as 85 letras e 6 sinais acima é isto:
SOU O ESPÍRITO QUE DESCEU DO CÉU, CRIANDO A SUA FÉ; E FAÇO SANTO O QUE É BATIZADO COM NOME DE ARNALDO RIBEIRO: (IL.85.6)
(Lc.12.50 – Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize; (IS.21.16) porque assim me disse o Senhor: (1RS.18.31) Israel será o teu nome, (LS..9.6) porque ainda que algum seja consumado entre os filhos dos homens, se estiver ausente dele a tua sabedoria, será reputado como nada.(LC.4.21) Hoje se cumpriu a escritura que acabais de ouvir: (LC.6.5) O Filho do Homem é Senhor do sábado:
E agora José? Ou melhor, Chico?...

António Je. Batalha disse...

Seu blog é encantador, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes,mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu. Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante, e se desejar deixe um comentário. Abraço fraterno.António.

jose Eduardo disse...

Pastor ja fui casado no civil, por pecado de fornicação minha antiga companheira engravidou mais ja não avia sentimentos, mais por questão de consciência e por pressão da família dela me casei no civil, vindo o casamento a não dar certo pois a convivência estava insuportável. Conheci outra pessoa não qual quero me casar, no meu caso posso casar na igrela diante de Deus e correto ja que me casei somente no civil?
como não ha possibilidade de volta tenho que ficar sozinho pelo resto da minha vida?

se poder me responder agradeço, preciso muito aber disso

obrigado

Camila disse...

Ola Pastor, eu gostaria de lhe pedir o seu e-mail para que o senhor possa esclarecer as minhas dúvidas, de uma forma privada
Obrigada pela atencao

Maria Eduarda disse...

Excelente reflexão, estou gostando muito dos posts do blog.

Luiz Gomes disse...

Boa tarde tudo bem? Sou carioca e procuro novos seguidores para o meu blog. Eu também posso te seguir.
https://viagenspelobrasilerio.blogspot.com/?m=1

Se você me seguir pode enviar o link para o meu blog que eu te sigo de volta.